BID deve liberar US$ 100 milhões para a saúde neste ano

Juan Quirós, presidente da São Paulo Negócios – agência de investimentos e exportações do município de São Paulo – previu na primeira semana de maio que o empréstimo de US$ 100 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a área de saúde da Prefeitura de São Paulo deverá estar disponível antes do final do ano, apesar do período eleitoral. O financiamento será destinado, entre outras prioridades, às obras de conclusão do hospital da Vila Brasilândia, em região carentes da cidade. A SP Negócios e a Secretaria da Fazenda do município coordenam o processo estruturação e execução para liberar o financiamento. 

“É uma grande vitória para a cidade, que há 30 anos não contratava operações de crédito diretamente de organismos multilaterais. E ainda mais importante é a destinação para uma área tão necessitada, como a de saúde”, disse Quirós, ao final da reunião no dia 10/05 com o prefeito Bruno Covas, que recebeu em seu gabinete comitiva do BID, encabeçada pelo vice-presidente para a América Latina, Alexandre Rosa, o secretário da Fazenda, Caio Megale e a diretora de Financiamentos da SP Negócios, Giulia Puttomatti.

Bruno Covas recebe direção do BID e SP Negócios em seu gabinete